Technology

Armazém inteligente digitaliza a entrega de peças

O novo, amplo e avançado armazém de Madri pode armazenar até 9.800 componentes e peças de reposição essenciais para a manutenção e o reparo de elevadores e escadas rolantes, estruturas que são fundamentais para a vida moderna. Ocupando uma área de 6.800 m², esse armazém inteligente é capaz de processar mais de 1,4 milhões de pedidos por ano. Mas seu verdadeiro diferencial é usar a transformação digital para disponibilizar soluções de mobilidade urbana essenciais para os clientes. Isso é possível pelo uso de todo o potencial da Internet das Coisas (IoT) e pela transformação do Big Data em Smart Data.
Technology
Usando menos recursos para uma mudança maior - O que faz o mundo evoluir? Tecnologia inovadora. E nas áreas de mobilidade, construção, energia e fabricação, são principalmente as inovações ecológicas que estão mudando a forma das pessoas interagirem com o meio ambiente e formá-lo.
582 visualizações

Criado em 12/02/2020

Clientes se beneficiam de armazém com Smart Data

O centro de peças de reposição de San Fernando, próximo a Madri, foi criado para causar um grande impacto em termos de mobilidade e logística. As instalações ultramodernas foram projetadas para gerar uma eficiência excepcional, e já reduziram em 30% o trabalho necessário para levar peças cruciais aos seus destinos.

Isso melhora a experiência de usuário (UX) de clientes que dependem do funcionamento perfeito de elevadores, escadas e esteiras rolantes. Os especialistas recebem as peças necessárias com mais rapidez, levando a uma otimização de 20% no tempo de espera para a resolução de problemas técnicos. Além disso, a redução de 10% no número de viagens feitas pelos técnicos para conseguir peças e materiais aumentou a sustentabilidade e reduziu o consumo de energia e as emissões de CO2.

Julio Arias Warehouse Madrid

Julio Arias no San Fernando Spare Business Center, em Madri.

“Graças às novas instalações e sistemas do armazém inteligente, ficou mais fácil fornecer todos os componentes que nossos técnicos precisam para melhorar e facilitar a vida dos nossos clientes. Também usamos contêineres azuis reutilizáveis, que reduzem a quantidade de material de embalagem e contribuem para o meio ambiente.”
Julio Arias, thyssenkrupp Elevator warehouse technician
Opening Warehouse Madrid

Os bastidores da transformação digital da logística

O novo armazém é o resultado da implementação gradual do projeto Spare Parts Business Excellence da thyssenkrupp Elevator. A meta é criar uma cadeia de logística digitalizada ininterrupta, que tenha como foco tanto as ferramentas de Big Data quanto os técnicos de manutenção.

Com o imenso volume de dados gerado pela Internet das Coisas e a mediação do aprendizagem de máquina, o novo sistema de gestão e planejamento de estoque do armazém calcula quais serão as peças ou componentes com maior probabilidade de serem solicitadas pelo técnico no mês seguinte. Esses itens são colocados em uma “sacola” azul, que é enviada a um local de retirada. O sistema também garante que as peças com maior probabilidade de serem solicitadas estejam disponíveis no armazém.

Enquanto isso, os técnicos de campo podem solicitar a inclusão de itens adicionais na sacola e rastrear a entrega usando o celular. Assim, eles possam programar melhor seu volume de trabalho e garantir que nenhuma das soluções de mobilidade sob sua responsabilidade fique interditada.

Próximo passo: a conexão MAX

A próxima fase da transformação digital dos serviços de mobilidade será integrar plenamente a unidade de Madri à potência do MAX. O MAX é o primeiro sistema em tempo real baseado na nuvem de prevenção de falhas para elevadores e escadas rolantes. Ele substitui a manutenção corretiva pela manutenção preditiva.

Com a Internet das Coisas e a aprendizagem de máquina, o MAX coleta dados de elevadores e de outras soluções de mobilidade em todo o mundo e faz automaticamente o diagnóstico para análise e ação em tempo real. O resultado é uma visão sincronizada e unificada de onde, quando e quais peças ou componentes serão necessários, disparando de modo proativo a remessa e a entrega ao técnico de campo responsável, para que ele faça a instalação em tempo hábil. A meta é eliminar completamente os períodos de inatividade.

Para atingir essa meta, o armazém de Madri foi projetado especialmente para explorar a capacidade do MAX de transformar Big Data em Smart Data, aplicando os devidos algoritmos analíticos. O próprio armazém se torna, portanto, um sistema logístico inteligente, ou seja, um armazém com aprendizagem de máquina. O resultado: técnicos com as ferramentas certas, no lugar certo, e na hora certa. Os clientes se beneficiam, e os técnicos também ficam satisfeitos!

 
Video

Como a transformação digital está aprimorando a mobilidade urbana? Este vídeo mostra o novo armazém inteligente de peças em ação. A thyssenkrupp Elevator está sempre em movimento!

Foco na sustentabilidade

Outra vantagem do novo armazém de Madri é a redução de danos ao meio ambiente e a maior sustentabilidade. Novamente, é a transformação digital que torna isso possível, pois o levantamento e a análise de dados em tempo real, assim como a interoperabilidade dos sistemas, estão integrados aos processos e às instalações onde eles ocorrem.

Isso significa que os percursos logísticos foram muito reduzidos. De acordo com o IPCC, cerca de 5,5% das emissões globais de gases do efeito estufa decorrem de atividades logísticas. As novas instalações da thyssenkrupp Elevator eliminam muitas das viagens que eram necessárias para movimentar peças e componentes, totalizando uma redução de 400 mil quilômetros por ano. Isso equivale a 10 voltas em torno da terra e evita que cerca de 64 toneladas de CO2 oriundas de emissões veiculares cheguem à atmosfera.

O compromisso da thyssenkrupp Elevator com o meio ambiente se aplica às embalagens usadas no novo armazém: todas serão recicláveis ou reutilizáveis.

Enrique Gallegos Warehouse Tote
Warehouse Tote

Enrique Gallegos pegando uma nova “sacola” de peças.

“Poder retirar as peças de reposição em um ponto de entrega conveniente é uma grande vantagem. Assim, eu evito uma viagem de mais de 100 quilômetros até a filial para pegar as peças que preciso. É um ganho em termos de saúde e segurança.”
Enrique Gallegos, thyssenkrupp Elevator maintenance technician

Pioneiros da transformação digital nos serviços

O armazém inteligente de Madri fornecerá peças e componentes de manutenção para grande parte do sul da Europa. Outras instalações semelhantes da thyssenkrupp Elevator ficarão próximas a locais estratégicos, como Stuttgart, Xangai, Porto Alegre e Pune. Por fim, dez novas instalações, com gerenciamento central, irão substituir e melhorar a rede atual de 10 mil depósitos, fábricas e centros logísticos.

O novo armazém de Madri é um indicador claro de que a thyssenkrupp Elevator está à frente da contínua transformação digital no ramo de serviços para a mobilidade urbana.