Smart Mobility

Mobilidade inteligente para uma cidade inteligente: a Linha 9 liga Barcelona ao seu futuro

Uma vez concluída, a Linha 9 do metrô de Barcelona terá 47,8 quilômetros, tornando-o o metrô subterrâneo mais longo da Europa. Trens automatizados sem maquinista e soluções inteligentes de mobilidade e controle vão levar os passageiros rapidamente aos seus destinos e proporcionar ligações diretas com estações de trem de longa distância, o aeroporto e várias outras opções de transporte. A Linha 9 é apenas a última de uma série de iniciativas que, juntas, transformaram Barcelona em uma das principais cidades inteligentes do mundo. Seguir esse caminho – assim como construir a nova linha de metrô – nem sempre foi fácil. Então, qual é o segredo do sucesso de Barcelona?
Smart Mobility
Mantém as pessoas se movendo rumo a soluções melhores - Pessoas que estão cansadas de cidades congestionadas estão contribuindo com inovações por meio de novas tecnologias móveis e aplicativos intuitivos, que melhoram a integração do transporte público, a infraestrutura e o compartilhamento de carros.
195 visualizações

Criado em 26/03/2020

Reconhecer as dificuldades – aceitar o desafio

A Linha 9 representa um microcosmo de como Barcelona se transformou de uma metrópole em dificuldade, nos anos 1980, em uma cidade inteligente de classe mundial nos dias de hoje. Ela também mostra como empresas como a thyssenkrupp Elevator utilizam uma abordagem semelhante para fornecer soluções inteligentes de mobilidade para cidades de todo o mundo.

Os componentes básicos dessa abordagem são simples. Primeiro, reconhecer e aceitar os desafios específicos relacionados às metas. Segundo, utilizar os recursos disponíveis para adaptar o plano flexivelmente a esses objetivos. E, terceiro, nunca perder de vista as necessidades das pessoas reais, afetadas por cada decisão tomada.

Metro Map

Fazendo a conexão

Na transformação de Barcelona, o objetivo era melhorar a qualidade de vida dos residentes e visitantes da cidade por meio de um enorme investimento em economia do conhecimento, arquitetura de ponta, sustentabilidade e desenvolvimento focado no ser humano. Implicitamente, isso significava criar um sistema de transporte público de classe mundial. Boa circulação e boas conexões são características de toda cidade saudável.

A Linha 9 do metrô de Barcelona é a parte mais recente e avançada iniciativa de Barcelona para obter uma maior mobilidade pública. Ela foi concebida para interligar o maior número possível de opções de transporte público já existentes e maximizar os efeitos de rede de todo o sistema metroviário. Suas 52 estações permitirão que cerca de 350.000 pessoas por dia (130 milhões de passageiros por ano) cheguem aos seus destinos com mais rapidez e facilidade, seja para trabalhar, divertir-se ou viajar para mais longe.

Barcelona Metro Station
“A montagem (da estação Singuerlín) envolveu a instalação de 1.600 metros e 30.000 quilos apenas para as guias, um dos componentes do elevador. É como cobrir um campo de futebol 16 vezes com trilhos de trem que pesam mais do que quatro ônibus urbanos.”
Carmen Ginard Anton, Director of Special Projects in Catalonia

Centros de trânsito em massa personalizados

Devido às muitas exigências impostas para a Linha 9 – a mais longa linha subterrânea da Europa – houve alguns desafios técnicos complicados a superar. Por exemplo, para ligar a Linha 9 fisicamente a outras linhas e centros de transporte existentes, era preciso cavar fundo e construir em profundidades que variavam entre 30 e 90 metros.

Por isso, as estações foram concebidas de forma modular, em forma de um grande eixo cilíndrico, com um corredor superior e um inferior ligados por meio de elevadores e escadas rolantes de alta capacidade. As plataformas estão localizadas dentro da seção do túnel e os trens circulam em dois níveis sobrepostos.

A estação Singuerlín, por exemplo, localizada a uma profundidade de 60 metros, conta com elevadores como único sistema de transporte entre a superfície e a plataforma. Para satisfazer as exigências dos usuários, a thyssenkrupp Elevator instalou um conjunto de seis robustos elevadores de alta capacidade, capazes de transportar 40 pessoas a 7 km/h (2m/s). Mesmo no ambiente complexo, com caixas de elevadores panorâmicas e outros empreiteiros trabalhando paralelamente nos mesmos projetos, a empresa foi capaz de montar e instalar o sistema pesado de acordo com o planejado e com zero lesões.

Barcelona Metro L9
Barcelona Metro L9

Em Barcelona, até os elevadores são inteligentes

Além de oferecer apoio à cidade inteligente de Barcelona, os elevadores rápidos, duráveis e de alta capacidade da Linha 9 são eles próprios inteligentes. Esses elevadores têm um inovador Sistema de Controle Inteligente (SCS) baseado em inteligência artificial que otimiza o desempenho.

Cada conjunto de elevadores funciona como um sistema inteligente, que aprende quantos passageiros são esperados em cada estação, no nível da rua ou da plataforma, dependendo da hora do dia e da época do ano. Com o SCS, o sistema pode adaptar-se ao fluxo de passageiros em tempo real.

Através de uma sincronização sensível de disponibilidade, os elevadores maximizam de forma autônoma e independente a capacidade e o fluxo de passageiros. Por exemplo: o peso dos passageiros a bordo de uma cabine é medido eletronicamente, e esta informação é utilizada pelo sistema para ajustar o embarque e desembarque por meio do controle da abertura das portas das cabines.

Além de reduzir o tempo de viagem dos passageiros, o SCS também auxilia na sustentabilidade e na a otimização do ciclo de vida, equilibrando a carga de trabalho entre os elevadores e colocando cabines desnecessárias em modo de espera, com economia de energia.

“O Smart Elevator System (na estação Singuerlín da Linha 9) é conectado à linha de metrô para confirmar o tempo de chegada e partida de cada trem e otimizar as operações do sistema, com base nas horas de pico, no número de passageiros e no tráfego da linha de metrô.”
Javier Sesma, General Manager, thyssenkrupp Elevator Innovation Center

Mobilidade inteligente movendo cidades inteligentes

Hoje, a primeira seção da Linha 9 já está em funcionamento. Quando a construção estiver concluída, a nova linha vai incorporar quase 300 elevadores da thyssenkrupp Elevator. A empresa também está construindo mais de 360 escadas rolantes, incluindo quase 60 unidades externas instaladas para ligar a rua com o metrô.

Muitas dessas unidades externas também exigiram um pensamento inteligente e personalizado devido à geografia local e às barreiras arquitetônicas de Barcelona, que tem alta densidade urbana. Nos casos em que mesmo as escadas rolantes eram impraticáveis, foram usados elevadores inclinados. Mais uma vez houve desafios, e eles foram superados.

Os monitores inteligentes instalados nessas unidades garantem conexões seguras e diretas para os usuários, mantendo o coração da comunidade batendo no centro desta cidade inteligente. Com a Linha 9, tanto Barcelona quanto a thyssenkrupp Elevator mostram novamente que, para cada desafio urbano, existe uma solução inteligente.

 
Barcelona Metro