Cities

Cruzamentos de Atlanta – o centro mundial de transporte segue o caminho inteligente

Atlanta (Geórgia, EUA) foi fundada como um centro ferroviário, e sua importância como núcleo de mobilidade só aumentou desde então. Junto com pessoas e bens, novas ideias e motivações tomaram conta da cidade e fizeram de Atlanta seu lar. Empresas globais, universidades, capital de investimento, fabricação inteligente e jovens empreendedores acharam seu lugar na cidade com o aeroporto mais movimentado do mundo.. Com o tempo, Atlanta cresceu e se tornou uma cidade caracterizada por uma expansão urbana de baixa densidade: a população tem crescido, mas, em vez de ficar mais densa, foi se alastrando para fora. Isso afeta tanto a qualidade do ar quanto da água devido à combinação de um espaço verde reduzido com um tráfego de carros elevado. A cidade, porém, reconheceu o problema e está tomando importantes medidas para garantir uma abordagem mais inteligente rumo ao desenvolvimento e crescimento urbano.
Cities
Inteligentes por dentro e por fora - De muitas formas, o conceito de cidade inteligente não é nada mais que um bom planejamento urbano, que incorpora os avanços da tecnologia digital e novas formas de pensar aos conceitos de cidade antigos, de relacionamentos, comunidade, sustentabilidade ambiental, democracia participativa, boa governança e transparência.
13240 visualizações

Criado em 27/07/2018

Metrópole em expansão

Com 16 arranha-céus de mais de 150 m de altura, Atlanta exibe suas altas ambições. Esses arranha-céus também desempenham uma função na questão de sustentabilidade, como o prédio com certificação LEED 1180 Peachtree St. O design chamativo conta com duas asas que ultrapassam o teto, dando-lhe o apelido de “Prédio do Batman”. Quando usados para fins residenciais, esses arranha-céus, junto com edifícios de uso misto de altura média, ajudarão aumentar a densidade urbana e controlar o alastramento urbano.

Atlanta está repleta de arquiteturas icônicas, como o Bank of America Plaza e o deslumbrante Mercedes-Benz Stadium, que mistura elementos florais suaves com formas geométricas rígidas. Além disso, o horizonte incluirá em breve uma reluzente torre de teste de elevadores da thyssenkrupp Elevator, que será a mais alta do tipo nos EUA, com 128 metros.

Também há diversos edifícios históricos na cidade, como o Fox Theatre com arquitetura inspirada em elementos islâmicos, a Swan House no Centro Histórico de Atlanta e o arranha-céu mais antigo da cidade: o edifício Flatiron (que é cinco anos mais velho do que o de mesmo nome na cidade de Nova York).

Bank of America Plaza, Flatiron Building, Fox Theatre, 1180 Peachtree Street, Torre de teste da thyssenkrupp Elevator (em andamento)

Ambições inteligentes e sustentáveis de Atlanta

As iniciativas de cidade inteligente de Atlanta focam cinco áreas principais: mobilidade, segurança pública, sustentabilidade ambiental, eficiência operacional urbana e engajamento público e empresarial. Dessas cinco áreas, a mobilidade parece ser a que mais ganha atenção, pois compartilha de mesmas questões das outras quatro.

Atlanta planeja aumentar o uso público de trânsito em massa enquanto reduz e melhora o fluxo do tráfego de carros. Porém, a cidade não está considerando apenas os carros quando o assunto é transporte. Ela também quer colocar mais bicicletas nas ruas, com a esperança de transformar Atlanta na Copenhague norte-americana. Um dos principais colaboradores desse plano será o projeto Beltline, descrito a seguir.

Compreensão antes da ação.

Os urbanistas de Atlanta sabem que, antes de implementar soluções, eles precisam primeiro compreender os desafios enfrentados pela cidade. Por isso, decidiram começar com um foco na coleta e estudo de dados em tempo real. Para conseguir as informações necessárias, estão instalando sensores IoT (Internet das Coisas) por toda a cidade.

Um grande projeto envolve o desenvolvimento de mais de 1.000 “postes inteligentes” com um conjunto de sensores que medem a qualidade do ar e calculam o tráfego de veículos, bicicletas e pedestres. De acordo com uma Solicitação de Proposta (RFP) emitida pela cidade, a ideia é aprimorar a “conversão de LED da iluminação pública e dos semáforos, conectando postes à rede de fibra e anexando câmeras (meta de 1.100 câmeras vinculadas), detectores de disparos de armas de fogo e sensores de qualidade do ar para criar postes inteligentes e ferramentas adicionais relacionadas, como pequenas antenas de celular”.

Esses postes inteligentes ajudarão a cidade a entender melhor seus desafios ambientais e de mobilidade, de forma que possam melhorar seus serviços por meio do transporte inteligente e de ônibus conectados, assim como sejam capazes de aliviar congestionamentos no trânsito.

Projeto em destaque: North Avenue Smart Corridor

O Corredor Inteligente (Smart Corridor) percorre o campus do parceiro de pesquisa do projeto, o Georgia Institute of Technology, abrangendo 18 intersecções de trânsito e uma estação de metrô. Este projeto aprofundado em menor escala irá ajudar a descobrir o alcance do projeto maior de postes inteligentes.

De acordo com o antigo Chief Information Officer (CIO) de Atlanta Samier Saini, o sistema irá “…ajustar o tempo do sinal e depois transmitir essas informações para semáforos próximos. E, se isso resultar em impactos significativos na melhoria do fluxo e do intervalo de deslocamento, vamos colocá-lo em prática e fazer instalações em várias outras áreas da cidade, principalmente espaços de eventos, onde o trânsito é um pesadelo”.

Project highlight: North Avenue Smart Corridor

The Smart Corridor in Atlanta runs through the campus of the project’s research partner, Georgia Institute of Technology,  and covers 18 traffic intersections and a metro station. This smaller scale, in-depth project will help discover what the larger smart pole project could achieve.

According to Atlanta’s former Chief Information Officer Samier Saini, the system will “…adjust the signal timing to and then relay that information to adjacent traffic lights. And if that proves to make a significant impact in improving travel time delay and flow, we’re going to go all-in and deploy it in a number of other areas of the city; particularly event spaces where traffic is a nightmare.”

 
North Avenue Smart Corridor

Project highlight: The Atlanta Beltline

With the Beltline project, Atlanta is converting its unused railway lines into a 22-mile transit loop, 28 miles of cross-town transit lines, and 33 miles of multi-use trails – all of which should help better connect the city for pedestrians and cyclists.

The project includes the construction of affordable housing and offers venues for cultural events. Furthermore, it preserves much of the city’s industrial heritage by repurposing buildings and railroad bridges or transforming railroad artifacts into works of art.

Project highlight: The Atlanta Beltline

With the Beltline project, Atlanta is converting its unused railway lines into a 22-mile transit loop, 28 miles of cross-town transit lines, and 33 miles of multi-use trails – all of which should help better connect the city for pedestrians and cyclists.

The project includes the construction of affordable housing and offers venues for cultural events. Furthermore, it preserves much of the city’s industrial heritage by repurposing buildings and railroad bridges or transforming railroad artifacts into works of art.

 

Image Credits

Fox Theatre, photo by Lee Coursey, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

1180 Peachtree Street, photo by Atlantacitizen, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Bank of America Plaza, photo by connor.carey, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Swan House, photo by Daniel di Palma, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Flatiron Building, photo by Eoghanacht, taken from commons.wikimedia.org

Bike Lane: photo by Adrew Gook, taken from unsplash.com

Traffic: photo by Joey Kyber, taken from unsplash.com

North Avenue Smart Corridor:  video by Atlanta BeltLine, taken from: youtube.com

Atlanta Beltline: video by BeltLine, taken from: youtube.com

Businesses driving change in Atlanta

Atlanta’s smart ambitions are backed by the city’s strong tech community, which have earned the city the nickname of “Techlanta”. Georgia Tech has successfully attracted a number of companies, such as NCR, GE, and Honeywell, to locate their digital innovation centers in Atlanta.

Germany-based thyssenkrupp Elevator has chosen Atlanta as the home for its Research Innovation Center that it runs in cooperation with Georgia Tech, where the first TWIN elevators in the Western Hemisphere will be installed. The company also plans to build its new US headquarters in Atlanta, which will include a 128-meter elevator test tower when completed in 2022.

Techlanta is also the home city of the “billion-dollar startup” Rubicon Global, a smart trash collection company. The company is equipping Atlanta’s waste collection trucks with app-based tracking and communication tools that provide drivers real-time information on routes and service issues, and also collects data to help improve services.

Businesses driving change in Atlanta

Atlanta’s smart ambitions are backed by the city’s strong tech community, which have earned the city the nickname of “Techlanta”. Georgia Tech has successfully attracted a number of companies, such as NCR, GE, and Honeywell, to locate their digital innovation centers in Atlanta.

Germany-based thyssenkrupp Elevator has chosen Atlanta as the home for its Research Innovation Center that it runs in cooperation with Georgia Tech, where the first TWIN elevators in the Western Hemisphere will be installed. The company also plans to build its new US headquarters in Atlanta, which will include a 128-meter elevator test tower when completed in 2022.

Techlanta is also the home city of the “billion-dollar startup” Rubicon Global, a smart trash collection company. The company is equipping Atlanta’s waste collection trucks with app-based tracking and communication tools that provide drivers real-time information on routes and service issues, and also collects data to help improve services.

Image Credits

Fox Theatre, photo by Lee Coursey, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

1180 Peachtree Street, photo by Atlantacitizen, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Bank of America Plaza, photo by connor.carey, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Swan House, photo by Daniel di Palma, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Flatiron Building, photo by Eoghanacht, taken from commons.wikimedia.org

Bike Lane: photo by Adrew Gook, taken from unsplash.com

Traffic: photo by Joey Kyber, taken from unsplash.com

North Avenue Smart Corridor:  video by Atlanta BeltLine, taken from: youtube.com

Atlanta Beltline: video by BeltLine, taken from: youtube.com

Image Credits

Fox Theatre, photo by Lee Coursey, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

1180 Peachtree Street, photo by Atlantacitizen, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Bank of America Plaza, photo by connor.carey, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Swan House, photo by Daniel di Palma, taken from commons.wikimedia.org, some rights reserved

Flatiron Building, photo by Eoghanacht, taken from commons.wikimedia.org

Bike Lane: photo by Adrew Gook, taken from unsplash.com

Traffic: photo by Joey Kyber, taken from unsplash.com

North Avenue Smart Corridor:  video by Atlanta BeltLine, taken from: youtube.com

Atlanta Beltline: video by BeltLine, taken from: youtube.com