Cities

Como a noite se torna arte iluminada em todo o mundo

De que cidade você lembra quando pensa em “luzes urbanas”? Paris, Nova Iorque, ou talvez a “vista noturna de dez milhões de dólares” de Kobe, no Japão? Amantes de tecnologia mais racionais talvez nem pensem em cidades específicas, mas considerem as vantagens de lâmpadas LED sobre as de vapor de sódio e incandescentes. Já pessoas com pensamento ecológico podem lamentar a poluição luminosa.

O URBAN HUB, no entanto, se volta para a beleza que as luzes podem trazer às metrópoles modernas. Quando cidades e prédios transformam a iluminação funcional em uma exibição deslumbrante ou mesmo em um show de luzes, o efeito é, simplesmente, mágico.

Cities
Inteligentes por dentro e por fora - De muitas formas, o conceito de cidade inteligente não é nada mais que um bom planejamento urbano, que incorpora os avanços da tecnologia digital e novas formas de pensar aos conceitos de cidade antigos, de relacionamentos, comunidade, sustentabilidade ambiental, democracia participativa, boa governança e transparência.
1623 visualizações

Criado em 06/01/2016

Quando a grande maçã brilha

Até as luzes icônicas de Nova Iorque podem se tornar ainda mais belas e memoráveis. LEDs regularmente iluminam o Empire State Building em cores vibrantes para comemorar vários eventos. Seja azul e branco para o Hanuká ou vermelho e verde para o Natal, a torre icônica homenageia constantemente causas especiais, eventos esportivos e feriados.

Nova Iorque é um ótimo destino para quem busca as luzes de fim de ano. Muitos prédios famosos, tais como o Saks Fifth Avenue, o New York Palace, ou o Lord & Taylor, são conhecidos por suas exibições anuais de luz.

Mas como mostra o Empire State Building, a iluminação decorativa não se restringe apenas às festas de fim de ano. Para lembrar as vítimas do 11 de setembro e das Torres Gêmeas derrubadas, faz-se, todos os anos, um “Tributo de Luz”. 88 holofotes iluminam o céu, formando Torres Gêmeas virtuais de luz.

O Empire State Building vestido de vermelho
“Um evento espiritual” – o Tributo de Luz das Torres Gêmeas

Torre de luz na Cidade dos Ventos

Até mesmo o mais inconfundível prédio de Chicago, a Willis Tower (antiga Sears Tower), entra em cena. Suas antenas são iluminadas ao longo de todo o ano para celebrar eventos como o St. Patrick’s Day ou o Dia das Mães. As luzes também chamam a atenção para causas justas com cores simbólicas, conscientizando sobre doenças como esclerose múltipla, câncer no pâncreas e linfoma.

No entanto, a iluminação na torre não é só decorativa. Subindo aproximadamente 90 metros de altura, as antenas felizmente estão equipadas com luzes estroboscópicas que piscam 40 vezes por minuto, para advertir pilotos contra um obstáculo potencial. E um escalador corajoso tem que escalar essas antenas a cada 18 meses para trocar as luzes – meu Deus!

Belas e necessárias: luzes nas antenas da Willis Tower

Belas luzes em Londres

Há uma forte concorrência em relação a “marcos significativos” em Londres. Com tantos locais históricos e maravilhas modernas, como um prédio novo poderia esperar obter reconhecimento como sendo uma atração? Além de seu design singular e do status de maior prédio da Europa Ocidental, o Shard de Londres conquistou sua reputação graças à iluminação espetacular.

Durante as festas de fim de ano de 2014, por exemplo, o Shard criou um espetáculo de luz nas alturas como nunca se viu. Com painéis de LED, projeções e holofotes, o Shard agiu como uma tela para animações, uma bela coreografia de LED e outros efeitos impressionantes. O prédio até mesmo emitiu uma névoa em estilo de discoteca para dar um efeito tridimensional aos múltiplos raios de luz.

 

O Shard (c) by James Burns

Muito além de edifícios individuais

Para a WinterFest de Hong Kong, os designers não se contentam em iluminar somente um prédio. Inúmeros arranha-céus se iluminam com exibições coloridas enormes, enquanto cada loja tenta ofuscar a outra ao som de músicas festivas, tocadas em toda a região do centro. Nem mesmo um simples pinheiro é suficiente para esse evento – árvores de cristal da Swarovski e da Tiffany adornaram o centro da cidade, em anos passados.

Boas Festas de Hong Kong!
Rio de Janeiro
Caretta in Tokyo
Saks, 5th Avenue, New York

E a lista continua...

No Rio de Janeiro, LEDs dão vida colorida a prédios e ruas e criam uma atmosfera especial, mas o evento mais espetacular de todos é quando eles iluminam a Árvore de Natal da Bradesco Seguros. Com 85 metros de altura, a árvore de Natal mais alta do mundo flutua sobre pontões no meio da Lagoa Rodrigo de Freitas, brilhando com suas belas luzes para todos verem.

Tóquio, no Japão, é outra cidade importante com luzes abundantes, principalmente durante o fim de ano. O Caretta Shiodome de Tóquio cria uma exibição impressionante de luzes de LED azuis e brancas. O “Jardim Starlight” do “Natal do Midtown” é outra exibição popular de beleza de LED.

Enquanto isso, a thyssenkrupp transformou sua torre de testes em Rottweil na maior vela do mundo.

Cidades e prédios em todo o mundo claramente aderiram à febre dos shows de luzes. Na verdade, pode ser que você nem precise viajar para tão longe para assistir a um deles. Talvez a metrópole mais próxima de você tenha um espetáculo de luzes que supere todos os exemplos acima!