Urban Lifestyle

Exemplos para o futuro: a nova geração das bibliotecas municipais

Grandes cidades têm ótimas bibliotecas públicas e isso não é uma coincidência. As bibliotecas fornecem, de maneira única, um espaço gratuito para que todos cresçam, estudem e possam pensar em praticamente tudo, seja sozinho ou com outras pessoas. As bibliotecas municipais agora estão se desenvolvendo para garantir que sua missão especial de oferecer espaços públicos atraentes para aprendizado, imaginação e comunidade atenda às necessidades da era da digitalização. Aqui, alguns exemplos das novas bibliotecas públicas que dão uma amostra da função que as bibliotecas têm em nosso futuro urbano.
Urban Lifestyle
An urban lifestyle for the future -  By first recognizing the impact of our city lifestyles, we can pave the path for sustainable economic development and a brighter, greener future.
247 visualizações

Criado em 23/05/2019

Helsinque, Finlândia

A seção Oodi de 17.250 m2 da Biblioteca Central de Helsinque apresenta bem a direção que as bibliotecas estão tomando. Não basta apenas ter uma arquitetura diferente ou abrir sete dias por semana. As mudanças de verdade estão na parte de dentro. Oodi não tem apenas livros e lugares confortáveis para se sentar e ler, ela também tem a meta de ser uma praça pública indoor para todos, uma “interface para todas as coisas”.

Isso inclui o acesso a espaços para reuniões e eventos, estações de trabalho para atividades “faça você mesmo”, equipamento de soldagem, impressoras 3D, marcadores a laser, dispositivos de jogos e até um estúdio de gravação de música. Oodi também oferece um espaço dedicado à promoção da democracia participativa, como fazendo crowd-sourcing para as prioridades orçamentárias da própria biblioteca.

Helsinki Central Library

Tianjin, China

A Biblioteca Pública Tianjin Binhai causou uma comoção quase imediata. A parte central, vasta e aberta com 33.700 m2, está cheia de estantes de livros curvadas que se estendem pelos cinco andares. Imagine uma caverna gigante, com paredes macias, completamente cobertas por livros.

No centro deste espaço, há um globo enorme e translúcido. E ele não é só uma peça de decoração: é um auditório! Instalações educacionais e salas de reunião adicionais estão localizadas no entorno do espaço central. Corredores cobertos ligam a nova biblioteca a outros prédios culturais das proximidades.

 
Biblioteca Pública Tianjin Binhai

Stuttgart, Alemanha

A Biblioteca Central Municipal de Stuttgart foi concebida para ser um templo moderno do conhecimento e da experiência. O principal recurso deste cubo de nove andares é uma galeria de cinco pisos com paredes de estantes de livros. A luz invade o prédio pelo teto de vidro.

Em contraste com o design interior minimalista da biblioteca, os moradores da cidade maximizam o uso deste novo espaço público. Eles visitam o local por causa dos livros, claro, mas também para usar as salas para prática de música; pegar emprestadas as obras de arte exibidas, tablets ou PCs; e participar de palestras e exposições.

Central Municipal Library of Stuttgart

Doha, Catar

Assim como na biblioteca de Tianjin, a Biblioteca Pública de Doha foi projetada intencionalmente como parte de um complexo educacional e cultural maior. O complexo é chamado de “Education City” e conta com diversos campi universitários além do prédio da Qatar Foundation.

A construção imponente de 42.000 m2 da Biblioteca Nacional do Catar abriga diversas bibliotecas, incluindo a da cidade de Doha. O prédio, assim como muitas bibliotecas novas, foi projetado para oferecer bastante espaço aberto, tanto para cima quanto para baixo. A luz solar intensa do Catar é filtrada e dispersada por uma fachada de vidro corrugado e refletida para baixo por um teto de alumínio.

 
Biblioteca Pública de Doha

Calgary, Canadá

A Biblioteca Central de Calgary conta com um design deslumbrante e um objetivo ambicioso. Construída acima de uma linha de trem em operação, a nova biblioteca forma uma ponte que une dois bairros que antes eram separados por meio de uma grande praça a céu aberto e um anfiteatro público.

Os andares mais baixos oferecem intencionalmente espaço para atividades mais barulhentas, como a área de entrada e as salas de reunião, além das áreas de livros, artes e artesanato e de brincadeira para crianças. A calma começa a aumentar a cada andar, dando lugar à leitura e aos estudos. Janelas enormes e uma abertura no teto deixam a luz entrar e oferecem uma ampla variedade de vistas desta cidade importante na região.

Calgary Central Library

Amsterdã, Países Baixos

Os bibliófilos amam a OBA, a Biblioteca Pública de Amsterdã, e a seção central (entre 27) é a favorita deles. Aberta sete dias por semana, o prédio com 10 andares e 28.500 m2 oferece tudo, desde 600 computadores conectados à Internet até 2.000 locais de estacionamento para bicicletas.

Ao projetar a estrutura, os arquitetos foram longe para manter e aprimorar todos os melhores aspectos das bibliotecas tradicionais. Até mesmo os elevadores são especiais. A thyssenkrupp Elevator os decorou com imagens do mundo dos livros, tipografia e outros temas relacionados ao compartilhamento de conhecimento e ao incentivo à imaginação.

Estufas para o crescimento do conhecimento e da comunidade

As bibliotecas sempre foram um local de acesso ao conhecimento, mas as novas bibliotecas estão expandindo essa ideia para se tornarem espaços de exploração, experiência e criação em todas as variedades de mídia, além do importante ato de compartilhamento com as outras pessoas. Os livros são apenas uma parte disso.

A nova arquitetura das bibliotecas reflete isso, oferecendo amplos espaços organizados, cheios de recursos tradicionais atualizados e digitais, e um design modular para a adaptação simples conforme as necessidades. Aqui, algumas outras novas bibliotecas públicas na fronteira do futuro:

  • A biblioteca municipal em Aarhus dá ênfase à mídia digital.
  • A Biblioteca de Referência de Toronto ajuda os imigrantes a se integrarem.
  • A Biblioteca Pública de Tilburg é um ótimo exemplo de reutilização adaptável.
 
Biblioteca

A Biblioteca Pública em Thionville, França, foi criada para ser a “sala de estar coletiva” da cidade. Ela oferece uma variedade de espaços multiuso para diferentes coisas que os cidadãos desejam fazer durante o dia. E muitas pessoas passam dias inteiros aqui: lendo, conversando, comendo e brincando.

Acesso ao conhecimento

“Um elemento essencial para o sucesso das bibliotecas públicas é a acessibilidade. As soluções de mobilidade ajudam a tornar esta importante instituição urbana em um local aconchegante e user-friendly para todos os cidadãos. As bibliotecas públicas urbanas combinar tudo o que há de melhor nas cidades. E, assim como as cidades, elas são muito melhores quando todos podem se movimentar livremente dentro dela.”

Credits:

Helsinki Central Library, photo by Natalya Letunova, taken from unsplash.com

Central Municipal Library of Stuttgart, photo by Gabriel Sollmann, taken from unsplash.com

Calgary Central Library, photo by Jessa Morrison, taken from commons.wikimedia.org