Urban Lifestyle

Top 10 elevadores incríveis: elevadores para conhecer antes de morrer

Não há muitos elevadores que foram projetados para serem notados. Eles cumprem seu papel lealmente e apenas chamam atenção quando param de funcionar. Porém, alguns elevadores não apenas oferecem soluções práticas de mobilidade como também impressionam com seus belos interiores ou por superar grandes desafios de design gerados por uma arquitetura não convencional.

No entanto, somente há pouquíssimos elevadores que não se escondem em um poço, mas exibem belos designs que podem ser apreciados do lado de fora. O Urban Hub confere dez elevadores impressionantes do mundo todo.

Urban Lifestyle
An urban lifestyle for the future -  By first recognizing the impact of our city lifestyles, we can pave the path for sustainable economic development and a brighter, greener future.
2601 visualizações

Criado em 09/03/2018

Elevador de Santa Justa (Lisboa, Portugal)

Construído em 1874 para ligar as ruas de menor altitude da Baixa com o Largo do Carmo, localizado em um nível superior, o Elevador de Santa Justa é um elevador externo público, decorado com um trabalho em ferro no estilo neogótico. Outros elevadores externos do mesmo período incluem o Elevador Katarina em Estocolmo, Suécia, e o Elevador Polanco em Valparaíso, Chile.

Uma torre de catedral ou um elevador?

Elevador de Hammetschwand (Bürgenstock, Suíça)

O Elevador de Hammetschwand, inaugurado em 1905, é o elevador externo mais alto da Europa. Os caminhantes podem seguir uma trilha na montanha e depois subir 118 metros (altura do poço) até o mirante do Hammetschwand no platô de Bürgenstock. No topo, uma bela visão do Lago Lucerna os aguarda.

Com mais de 100 anos, este elevador ainda impressiona.

Edifício St. Botolph (Londres, Reino Unido)

O St. Botolph frequentemente é conhecido como o santo padroeiro dos viajantes que se locomovem a pé e, desde 2011, o Edifício St. Botolph, no centro de Londres, satisfaz os visitantes com um visual extraordinário. O átrio central exibe 16 elevadores que operam independentemente em oito poços, usando a tecnologia de elevadores TWIN ® – um meio eficiente de transporte vertical que também é uma obra artística em si.

Edifício St. Botolph: a elegância simples de um bom design

Museu Mercedes-Benz (Stuttgart, Alemanha)

Em um uso incrível de contraste, o Museu Mercedes-Benz na capital automotiva de Stuttgart não trata somente de carros. De seu marcante design futurista de concreto até o recordista “maior tornado artificial do mundo” (uma medida contra incêndios), este edifício tem tudo a ver com design artístico (e carros, é claro). E também com elevadores bonitos: módulos metálicos e sofisticados que chamam atenção ao se movimentarem pelas paredes nas áreas de entrada.

Visitantes do futuro no Museu Mercedes-Benz

Os elevadores da Torre Eiffel (Paris, França)

A história da Torre Eiffel não estaria completa sem falar dos elevadores que tornam a torre acessível a todos. Quando começaram a funcionar em 1889, eles fizeram história na área da tecnologia – nada antes havia carregado tanto peso a uma distância tão grande do chão. E, desde então, eles transportam sem esforço as pessoas (e seu entusiasmo) em uma jornada para uma visão inigualável de uma das cidades mais incríveis do mundo.

Dois dos elevadores originais ainda funcionam na Torre Eiffel.

AquaDom (Berlim, Alemanha)

Situado dentro do Hotel Radisson Blu em Berlim, Alemanha, o AquaDom é um elevador de 25 metros de altura feito de vidro – e rodeado por um aquário cilíndrico repleto de peixes. É provavelmente o único elevador no mundo que exige manutenção (e alimentação) diária por uma equipe de 3-4 mergulhadores.

Um elevador em um aquário – por que não?

Elevador Bailong (Wulingyuan, China)

Localizado dentro do belo Parque Nacional Zhangjiajie, um Patrimônio Mundial da UNESCO, o Elevador Bailong é reconhecido pelo Guinness World Records como o elevador externo mais alto do mundo, atingindo uma altura de 326 metros. À medida que ele escala o penhasco, suas paredes de vidro proporcionam um panorama deslumbrante dos pilares de arenito cobertos de árvores do parque.

O encanto deste elevador está na forma como ele destaca a beleza natural.

Elevadores do Edifício Lloyd (Londres, Reino Unido)

Edifícios altos sempre são construídos com um “núcleo de serviços”, onde os elevadores, tubulações de ar e canos de água são mantidos. Bom, nem sempre: o Edifício Lloyd em Londres coloca tudo isso para o lado de fora, para que todos vejam. Esses elevadores não são lindos?

Os elevadores não deveriam sempre ter janelas?

Elevadores de vidro do Atlanta Marriott Marquis (Atlanta, Geórgia, EUA)

O amplo átrio de quase 144 metros de altura dentro do hotel Atlanta Marriott Marquis tem um visual tão cativante que ele já foi cenário de filmes, incluindo dois da série Jogos Vorazes. O formato do espaço interior direciona sua atenção para os elevadores de vidro que sobem pela coluna do átrio.

Finalizado em 1985, o Marriott Marquis ainda é futurista.

Elevadores da Sky Tower (Auckland, Nova Zelândia)

Com 328 metros, a Sky Tower em Auckland é a estrutura independente mais alta do hemisfério sul. Os elevadores com parede de vidro dessa alta torre oferecem vistas panorâmicas do horizonte e do Porto de Waitematā. Mas não é só isso: eles também têm piso de vidro, de forma que os visitantes podem ver o chão se afastar durante a subida para o mirante ou o restaurante giratório.

Com certeza vale a pena visitar, principalmente pelos elevadores.

O futuro do elevador

Os elevadores servem apenas para transporte? De jeito nenhum! Chegou a hora de arquitetos visionários e engenheiros estruturais aproveitarem o enorme potencial dos elevadores, criando mais belezas estonteantes e maravilhas deslumbrantes como as listadas acima!

Image Credits:

Santa Justa Lift, taken from flickr.com; image credits go to Susanne Nilsson & Lee Cannon 

Hammetschwand Lift, taken from commons.wikimedia.org; some rights reserved 

St. Botolph Building taken from virgopublications.com; image credits go to David W. Fried 

The Eiffel Tower, taken from commons.wikimedia.org; some rights reserved 

AquaDom, taken from flickr.com; image credits go to Francisco Antunes & Maria Eklind

Lloyd’s Building, taken from flickr.com; image credits go to Ungry Young Man

Atlanta Marriott Marquis, taken from flickr.com; image credits go to Brian Pennington

Sky Tower, taken from flickr.com; image credits go to Arran Bee