Sustainability

Pioneiro global em edificações verdes LEEDera o caminho: Brasil

Concluído em 2007, o Eldorado Business Tower, em São Paulo, é característico da nova geração de edifícios no Brasil. Em 2009, ele recebeu a prestigiosa certificação de edificação verde LEED Platinum, que atesta a tendência de sustentabilidade que permeia o país.

Seja em projetos do setor público ou privado, as edificações brasileiras estão se tornando, pouco a pouco, tão verdes quanto suas florestas. Antes que o resto do mundo volte sua atenção para o Rio de Janeiro em agosto de 2016, o URBAN HUB irá ao Brasil para explorar o crescente conjunto de edificações energeticamente eficientes.

Sustainability
Garantindo um futuro ecológico - O desenvolvimento ambiental sustentável usa conceitos de poucos resíduos, baixo consumo e a migração para recursos ecológicos e ambientalmente sustentáveis, como energia solar e eólica ou materiais que podem constantemente passar por upcycling.
883 visualizações

Criado em 28/06/2016

Eldorado Business Tower, São Paolo, certified LEED Platinum in 2009

Recorde de sustentabilidade

Desde julho de 2015, o Brasil está em quinto lugar no mundo devido à quantidade de edifícios certificados pelo LEED (às vezes indicado como quarto fora dos EUA).

2007 pode ser visto como o ano em que começou a ecologização dos edifícios brasileiros. Foi quando o primeiro edifício recebeu a certificação LEED no Brasil (uma filial do banco ABN Amro). 

Desde que as sementes da sustentabilidade se enraizaram, a transformação se acelerou. De acordo com o Green Building Information Gateway (junho de 2016), o país é o berço de 1.085 projetos registrados com certificação LEED e 367 projetos totalmente certificados, totalizando 74,03 milhões de pés quadrados (6,877 milhões de quilômetros quadrados) de espaço.

Eldorado Business Tower, São Paulo, certificado LEED Platinum em 2009

Top 10 dos países LEED (não incluindo os EUA.)
Source: http://www.usgbc.org/2015top10countries

Um tour virtual

A seguir, faça uma visita virtual pelo Brasil para ver outros edifícios certificados pelo LEED. O Rio de Janeiro e São Paulo são os líderes em edificações verdes no país: juntos, eles representam 78% dos edifícios certificados pelo LEED no Brasil. No entanto, há edifícios ecológicos em todo o território nacional.

Avenida Iguaçu, 2820

Com um telhado verde, um sistema integrado de compartilhamento de bikes e conceitos de sustentabilidade avançados, esse edifício de escritórios com certificação LEED Gold criou um novo prestígio ecológico para Curitiba (Paraná). O edifício de escritórios na Avenida Iguaçu 2820 foi premiado pela seleção sustentável do local, bem como pela seleção de materiais exemplares, gestão de resíduos e qualidade ambiental interna.

Avenida Iguaçu, 2820, Curitiba, certificação LEED Gold em 2015

Avenida Iguaçu 2820

Green Towers Brasília

Em 2014, a “Torre Sul” da “Green Towers Brasília” foi premiada com a certificação LEED Gold. Nas áreas públicas de varejo no térreo, os visitantes podem ver o maior muro verde do tipo da América Latina, com 60 metros de altura. É o primeiro desenvolvimento sustentável Classe AAA registrado pelo LEED na capital Brasília.

Green Towers Brasília – Torre Sul, Brasília, certificado LEED Gold em 2015

Ventura Corporate Towers, Rio, certificado LEED Gold em 2009 e 2011
Ventura Corporate Towers, Rio, certificado LEED Gold em 2009 e 2011

WTorre Morumbi

Concluído em 2015, o WTorre Morumbi é a maior torre corporativa em São Paulo e, de acordo com o site do projeto, a certificação LEED está prevista. Seu design inovador inclui cinco passarelas elevadas que ligam as duas torres do complexo. Um dos muitos fatores que contribuem para o notável conceito ambiental desse projeto é o acionamento regenerativo em 37 elevadores, que recupera energia quando os elevadores desaceleram, obtendo assim uma economia de energia de até 35%.

WTorre Morumbi, São Paulo, certificação LEED planejada

O caminho a seguir

De acordo com o World Green Building Trends 2016 da Dodge Data & Analytics, além de possuir a maior parcela de edificações verdes da América do Sul e do Caribe atualmente, o Brasil também poderá ter o maior crescimento de construção ecológica nos próximos três anos. Também está previsto o aumento de projetos de retrofit verde, e o país ainda é um forte mercado para edifícios residenciais verdes e as chamadas “comunidades verdes”.

Então, que isso sirva de lembrete aos arquitetos e profissionais preocupados com a sustentabilidade – fiquem de olho no Brasil, e não somente durante os Jogos Olímpicos.

Brasil – um país com DNA verde
Brasil – um país com DNA verde