Smart Mobility

Uwe Winter analisa o caminho do MULTI para redefinir a mobilidade urbana

O MULTI é um verdadeiro divisor de águas para a mobilidade urbana e está pronto para mudar o design urbano. Mas para que a inovação realmente deslanche, você precisa transformar um protótipo em um produto que resulte em um bom caso de negócios para clientes em potencial. E o produto deve ser adequado para a produção em massa. Este é o próximo passo para o MULTI. O URBAN HUB conversou com Uwe Winter, o novo vice-presidente de operações do MULTI da thyssenkrupp Elevator para saber mais sobre a industrialização do MULTI.
Smart Mobility
Mantém as pessoas se movendo rumo a soluções melhores - Pessoas que estão cansadas de cidades congestionadas estão contribuindo com inovações por meio de novas tecnologias móveis e aplicativos intuitivos, que melhoram a integração do transporte público, a infraestrutura e o compartilhamento de carros.
112 visualizações

Criado em 21/02/2019

De carros para elevadores

Antes de começar a trabalhar na thyssenkrupp Elevator, Uwe Winter passou cerca de 20 anos na indústria automobilística após concluir sua faculdade de engenharia. Uwe tem muita experiência em transformação de protótipos de automóveis em veículos de série, e agora usará essa experiência para ajudar a transformar o protótipo do MULTI em um produto que cria novas possibilidades para os projetos das cidades e construções – e que atenda claramente às necessidades dos negócios.

O trabalho em equipe é essencial

URBAN HUB: Qual é a sua principal missão como Vice-Presidente de Operações – MULTI na thyssenkrupp Elevator, e como sua experiência na indústria automobilística ajudará você a atingir suas metas?

Uwe Winter: Basicamente, o MULTI precisa “entrar em operação” e é meu dever fazer que isso aconteça. Primeiramente, o MULTI precisa superar alguns desafios. Nossa equipe de pesquisa e desenvolvimento está trabalhando na otimização do projeto, mas também temos que obter materiais para garantir preços competitivos e a melhor qualidade, além de atender às necessidades de montagem e instalação eficientes.

Estamos criando novas ideias todos os dias para tornar o MULTI ainda mais competitivo, e estamos analisando cada opção detalhadamente até nos convencermos de que encontramos a melhor solução para nossos clientes.

Há muitas ideias que podem ser beneficiadas por minha experiência no setor automotivo, mas a grande contribuição para o sucesso será o trabalho multifuncional em equipe, no qual cada membro participa com o seu melhor e vai além. Eu trabalhei muitos anos em um ambiente assim e agora tenho o prazer de fazer parte de uma equipe que está totalmente focada e segura de suas capacidades para inovar.

A equipe é perfeita, e trabalhar aqui é simplesmente maravilhoso. É como se fosse uma pequena família. Eu me senti em casa desde o primeiro dia. O espírito da equipe é resolver as questões e se divertir no trabalho. Temos uma organização multifuncional e estamos trabalhando em nossos “silos” – desafiando uns aos outros constantemente para dar o melhor para o projeto, para nossa empresa e para o cliente. O que mais você pode querer de uma equipe?

MULTI in operation

Pensando como um modelo de estrada de ferro

URBAN HUB: O layout do MULTI pode variar bastante de um prédio para o outro. Isso significa que cada instalação do MULTI será um trabalho altamente personalizado. Este aspecto do produto tornará a produção em série mais difícil, diferentemente de um veículo, por exemplo?

Uwe Winter: A complexidade é um grande problema para a indústria automobilística. Eles enfrentam esta questão desde que a linha de montagem foi inventada. Você deve se lembrar da famosa frase de Henry Ford: “O cliente pode ter o carro da cor que quiser, contanto que seja preto.” Felizmente, o setor teve ideias inteligentes para oferecer muito mais, mas, neste meio tempo, especialmente para fabricantes de volume, isso se tornou um problema crítico com relação às necessidades de investimento e rentabilidade.

Mas vamos pensar no MULTI. Precisamos monitorar nossa complexidade com cuidado. A tecnologia do MULTI permite a criação de módulos que nós podemos reutilizar em diferentes locais. Pense em um modelo de estrada de ferro. Você tem os trilhos padrão, curvas, switches, uniões etc. Usando essas peças padrão, você pode criar uma ferrovia totalmente única.

Queremos ter uma abordagem semelhante. A equipe está definindo atualmente as funções técnicas e os módulos para o lançamento. Quando se trata de um novo projeto de construção, podemos escolher os módulos de nosso banco de dados e criar nosso próximo MULTI – como um modelo de estrada de ferro – e adicionar módulos facilmente para criar uma nova combinação sem modificar qualquer módulo único ou peça. Esta oferta traz vantagens e economiza nosso tempo nas áreas de engenharia, teste, instalação e aprovação junto às autoridades reguladoras.

 
MULTI

MULTI atendendo às necessidades dos prédios e negócios

URBAN HUB: Que outros desafios você prevê na transformação do protótipo do MULTI em um produto de série?

Uwe Winter: O desafio será otimizar o projeto atual para torná-lo um bom modelo de negócio em todos os aspectos. Mas, primeiramente, precisamos ter um projeto confiável e totalmente funcional.

Quando entrei para a equipe, fiquei positivamente surpreso em como os engenheiros definem bem as exigências antes de convertê-las em um projeto real. O principal desafio agora é transformar essas exigências em projetos em série, que serão analisados simultaneamente com o objetivo de encontrar o melhor método de produção em termos de custo, tempo de ciclo, solidez e funcionalidade.

Paralelamente, estamos aumentando uma equipe de especialistas em industrialização que estão desenvolvendo o processo de instalação. Em resumo, o desafio é ter todas essas atividades totalmente sincronizadas sem perder o controle de nenhuma delas. Isso exige disciplina multifuncional e um gerenciamento de projeto bastante detalhado. No entanto, estamos bastante confiantes na transformação do MULTI em um produto de sucesso.

Foco em um nova área de mobilidade

URBAN HUB: Após 20 anos na indústria automobilística, o que levou você a mudar para o setor de elevadores?

Uwe Winter: Essa é uma pergunta complexa. Não há uma resposta única sobre os motivos que me levaram a fazer isso. Mas de todo coração, sou um cara de projeto, um engenheiro e entusiasta. Quando soube do MULTI e seu potencial pela primeira vez, fiquei eletrizado. Acredito firmemente que o MULTI é a chave para a mobilidade urbana nas megacidades. Imagine uma cidade com arranha-céus por todo lado: a maioria do tráfego será nas partes internas. A tendência de crescimento da megacidade é contínua, por isso acredito de verdade em nosso produto.

Além disso, fazer algo novo e totalmente diferente após tantos anos em um setor é, na minha opinião, uma coisa ótima. Na minha época como Chief Engineer, eu nunca trabalhei com arquitetos e nunca tive que pensar sobre a instalação de um produto de mobilidade a uma altura de 1 quilômetro com um peso de 3 toneladas. E precisaremos repetir isso várias vezes – com segurança e a mesma alta qualidade do nível térreo. Que desafio! Eu adoro isso. Isso é algo para se contar para os filhos com orgulho.

Estamos em uma nova era de urbanização, com cidades que estão crescendo e ficando cada vez maiores. A chave para uma comutação rápida, segura e eficiente será os elevadores. Com o MULTI, estamos dando aos arquitetos uma ferramenta poderosa para repensar como eles projetam as construções. Os conceitos de mobilidade urbana que antes eram inimagináveis agora estão dentro do leque de possibilidades.

MULTI

Movendo os céus

URBAN HUB: Como a mobilidade evoluirá no futuro por meio de conceitos inovadores como o MULTI?

Uwe Winter: Estou plenamente convencido de que o MULTI primeiramente mudará as construções e depois a mobilidade nas cidades. Assim que o MULTI for estabelecido, o tráfego pode se deslocar em direção ao céu, como nos filmes de ficção científica. Isso significa que o transporte entre os prédios pode acontecer no 40º andar ou ainda mais alto por meio de skybridges, air shuttles, e dentro dos prédios com o MULTI. Pode ser que os carros tradicionais não sejam mais suficientes para as cidades. O MULTI é um conceito de tráfego totalmente flexível que guia os passageiros aos seus destinos de forma eficiente.

Pronto para mudar o cenário urbano

Definitivamente o MULTI é um divisor de águas e, agora que está se preparando para o lançamento, tem mostrado que veio para mudar o planejamento urbano. De acordo com Uwe Winter: “O MULTI permite que você pense em uma nova direção, ou devo dizer várias direções. A imaginação dos arquitetos está livre de tantas restrições e é por isso que eu adoro trabalhar com o MULTI!”.

Image Credits

MULTI Elevator, video by Tech Insider