Túneis e cidades: a vida urbana abaixo da superfície

Cities
Urbanization

A dúvida sobre o que se esconde no subterrâneo é um terreno fértil para a imaginação humana. Na mitologia grega, acreditava-se que o mundo inferior (o reino dos mortos) era um lugar real nas profundezas da Terra. Até os dias de hoje, a construção subterrânea ainda conta com um certo ar de mistério.

Apesar disso, os túneis e construções subterrâneas sempre tiveram finalidades importantes, e grande parte das cidades modernas transformou o subterrâneo em um recurso indispensável para a vida urbana.

Read more...

Abaixo da superfície

Ainda que segundo a lenda as catacumbas antigas de Roma tenham sido usadas como esconderijo contra perseguição, elas serviam principalmente como cemitério. Isso foi uma reação à mudança de hábitos e a um problema prático de falta de terras em um ambiente urbano muito povoado. De acordo com Adriano Morabito, presidente da associação Roma Sotterranea (Roma subterrânea), “há centenas de quilômetros de catacumbas abaixo da cidade e suas imediações”.

De uma forma semelhante, os esgotos medievais de Paris são usados para provocar inquietação e intriga em várias obras de ficção, desde o romance de Victor Hugo de 1862, Os Miseráveis, até O pêndulo de Foucault de Umberto Eco. Mas a verdade é que, na época medieval, Paris começou a adotar medidas para manter a água potável separada do esgoto. Em 1880, Paris contava com 600 km de encanamento de esgoto!

Podemos considerar ainda os túneis de Valeta, capital de Malta. Recentemente houve uma investigação sobre sua real extensão. Primeiro construídos pela Ordem de São João no início dos anos 1500, os túneis que são Patrimônio da Humanidade da UNESCO forneciam água doce, armazenamento, proteção em tempos de guerra e ligação com a defesa da cidade. Hoje, claro, eles se tornaram uma atração turística.

Qual é o mistério?

Na verdade, não há mistério em relação aos túneis urbanos. Em áreas construídas densamente povoadas, os túneis são uma forma lógica de otimizar o espaço disponível ou modernizar a infraestrutura existente com novas tecnologias e recursos. Os metrôs são muito mais comuns do que os bondes no mundo, simplesmente porque eles conseguem evitar os obstáculos das cidades, seguindo rapidamente e em linha reta de um ponto a outro, interligando toda a cidade.

Mas os túneis urbanos não servem apenas para fins de transporte, fornecimento de água doce e remoção de esgoto. Grande organizações com vários prédios, como universidades ou hospitais, usam os túneis para interligar as construções para os trabalhadores. Túneis de vapor são usados para transportar aquecimento de uma central para outros prédios. E os túneis de serviços públicos fornecem espaço para vários encanamentos, cabos elétricos, de telefone, internet e cabos de fibra ótica.

A vantagen dos túneis é que a manutenção, o reparo, a modernização e novas instalações podem ser feitos sem prejudicar a vida acima da terra.

Alguns subterrâneos, outros subaquáticos

Mesmo fora das cidades, os túneis são usados de formas comuns (e incomuns). Por exemplo, quando os habitantes de uma cidade norueguesa protestaram contra uma pedreira municipal que estava desconfigurando a cidade. A pedreira acabou sendo deslocada para uma montanha próxima. Como resultado, foi perfurado um túnel de baixo para cima em formato de hélice, emergindo no topo em uma área florestal. Quando a pedreira fechou, a cidade decidiu pavimentar o túnel e transformá-lo em uma atração turística – o Drammen Spiral.

A Noruega é um país que gosta de túneis. Isso ajuda a explicar o mais novo plano deles, a criação do primeiro túnel do mundo para navios. O Stad Ship Tunnel se estenderá por 1.700 metros na península de Stadlandet, ligando dois fiordes e evitando que os navios precisem navegar por águas traiçoeiras em torno da península.

Quando se trata de túneis e água, o túnel mais famoso é com certeza o Eurotúnel, que liga o Reino Unido à França. Ele tem mais de 50 quilômetros (38 deles subaquáticos) e é um meio de transporte para passageiros, carros e carga. Outro túnel subaquático interessante foi destaque em um artigo anterior do URBAN HUB sobre o túnel Marmaray, que liga a Europa à Ásia em Istambul, Turquia.

O primeiro túnel para navios do mundo – só podia ser na Noruega. O primeiro túnel para navios do mundo – só podia ser na Noruega.
O primeiro túnel para navios do mundo – só podia ser na Noruega.

Beleza subterrânea – túneis que impressionam

Os túneis não são encontrados somente abaixo das cidades para fins de utilização completa do espaço urbano, mas em todos os lugares em que haja um obstáculo entre dois pontos que precisam ser melhor conectados. Aqui estão alguns dos túneis interessantes do mundo inteiro.

Photo credits

Catacombs of St. Domitilla @ Dennis Jarvis (CC BY-SA 2.0)

The Spiral Tunnel in Drammen, Norway @ Drammens Tidende

The world’s first ship tunnel @ Snohetta/Norwegian Coastal Admin/AP (Source)

The Sognefjord submerged floating tunnel in Norway @ The Norwegian Public Roads Administration

Tokyo Bay Aqua-Line @ Chihaya Sta (CC BY 4.0)

The Gotthard Base Tunnel @ Hannes Ortlieb (CC BY-SA 3.0 DE)

Guoliang Tunnel Road, China @ 山海风 (CC BY-SA 3.0)

The Marmaray train tunnel @ Muhammed Enes Okullu, MEOGLOBAL

H