Cities

“Com as cartas certas na manga, a cidade inteligente de Las Vegas investe em um “Distrito de inovação””

Las Vegas está bem familiarizada com mudanças rápidas e urbanização. A cidade, já acostumada a estar na dianteira, agora se expande e lidera não apenas os setores comerciais e de entretenimento mas também o uso pioneiro de tecnologias urbanas inteligentes. O ano passado foi marcado pelo lançamento do Distrito de Inovação, que com certeza ficará no foco de várias outras cidades que desejam seguir no mesmo caminho.

Em parceria com fornecedores de conectividade e IoT, Las Vegas usará conectividade inteligente de aplicativos, assim como dados de máquinas e sensores, para aprimorar radicalmente o planejamento urbano, principalmente em relação ao tráfego, à segurança e à eficiência. Ao demonstrar seu preparo para a tecnologia inteligente, Las Vegas não apenas moderniza as soluções para os desafios urbanos como também diversifica e alavanca sua economia.

Cities
Inteligentes por dentro e por fora - De muitas formas, o conceito de cidade inteligente não é nada mais que um bom planejamento urbano, que incorpora os avanços da tecnologia digital e novas formas de pensar aos conceitos de cidade antigos, de relacionamentos, comunidade, sustentabilidade ambiental, democracia participativa, boa governança e transparência.
584 visualizações

Criado em 09/02/2017

Las Vegas percorreu um longo caminho, de um local de apostas para uma cidade inteligente e especialista em tecnologia.
Es war ein langer Weg von der abgelegenen Spielerhochburg ... zur hoch technisierten „Smart City“.

O próximo passo para Las Vegas – moderna e inteligente

Las Vegas vivenciou uma explosão de urbanização. Em 2015, a Forbes a declarou uma das cidades de crescimento mais rápido nos EUA. Além da população atual de aproximadamente 600 mil, mais de 40 milhões de turistas visitam a cidade anualmente. As demandas de infraestrutura da cidade dispararam, assim como a necessidade de melhorar a segurança no trânsito e aumentar a transparência e proatividade geral dos serviços urbanos.

Os cassinos de Las Vegas estão entre os primeiros a adotar a Internet das Coisas e o aprendizado de máquina, utilizando-os para que os programas de fidelidade excluam erros humanos ao monitorar os gastos dos clientes em seus programas de recompensa. A medida resultou em aumento de fidelidade e satisfação dos clientes – o mesmo que a cidade deseja fazer agora por seus cidadãos.

A princípio, a cidade possuía apenas uma pequena rede de Wi-Fi, que consideraram ampliar internamente, mas parecia ser um desafio enorme, sem falar nos altos custos para manter uma infraestrutura tão grande. Além disso, Las Vegas estava procurando uma solução que fosse flexível e fácil de atualizar e alterar.

Após pedir conselho de cidades como Glasgow e Austin, que também estavam se aventurando em tecnologia urbana inteligente, Las Vegas decidiu procurar uma empresa privada parceira para ajudá-los a expandir suas redes.

 

Os altos riscos de aventurar-se no planejamento urbano

Las Vegas estava aberta a soluções de tecnologia de ponta, mas a cidade não queria apostar em nada muito experimental ou arriscado. Com turistas, residentes, convenções e empresários se encontrando na cidade diariamente, Las Vegas precisava de estratégias para gerar resultados rápidos e altos. O planejamento urbano precisava ser mais transparente e atrair a participação da comunidade.

As informações precisavam ser disponibilizadas para todos que precisassem delas e os dados deviam ser interoperacionais. E, por fim, os dados deveriam ser inseridos em um sistema de apoio da cidade, que poderia usar essas informações e análises preditivas em tempo real para aprimorar as ferramentas de planejamento urbano em todos os escritórios.

Banco de ensaio para inovação

Entra em cena Ingenu, líder no setor de conectividade de máquinas e na Internet das Coisas (IoT). Em parceria com Las Vegas, eles fornecerão à cidade conectividade de IoT. A Machine Network™ da Ingenu traz conectividade sem fio para a comunicação entre máquinas e é baseada em uma tecnologia sólida de RPMA.

A tecnologia permite a coleta de dados de diversos aplicativos da cidade inteligente, indo da qualidade do ar ao tráfego, e trará informações importantes sobre como os cidadãos interagem com a cidade. A solução é baseada em um princípio de dados abertos.

A estratégia de tecnologia urbana inteligente está sendo implementada no novo Distrito de Inovação em Las Vegas. O distrito, próximo à Strip de Las Vegas, servirá como um banco de ensaio para soluções de IoT que devem ser implementadas em toda a região.

Sinais para manter Las Vegas em funcionamento

Outro marco da estratégia de tecnologia inteligente de Las Vegas é a parceria com a Acyclia. Com milhões ocupando as ruas e o centro urbano, a cidade quer atingir zero fatalidades e melhorar o fluxo do trânsito. As ruas e os carros serão mais inteligentes, e os centros de controle de tráfego poderão analisar os dados de tráfego em tempo real.

A Acyclia instalará sensores em 2.300 intersecções, o que possibilitará uma supervisão completa do trânsito da região. Os engenheiros podem até mesmo alterar os sinais de tráfego e reagir a situações. E os semáforos também poderão interagir com os carros! Motoristas terão acesso à tecnologia urbana inteligente que informa quando o sinal ficará verde.

Com seu sistema avançado de comunicação de veículo para infraestrutura (V2I), Las Vegas também está abrindo caminho para o uso de veículos autônomos. É a primeira cidade nos EUA a introduzir um ônibus sem motorista, que está sendo testado no Distrito de Inovação. Com acesso aos dados dos semáforos em tempo real, o veículo recebe um sinal quando precisa parar ou diminuir a velocidade.

 

Las Vegas prepara o terreno para tecnologias inteligentes

Enquanto as notícias sobre os desenvolvimentos do Distrito de Inovação se espalham, vale mencionar que as vantagens de utilizar tecnologia inteligente não são nenhuma novidade para Las Vegas. A cidade já havia preparado o terreno, há algum tempo, para que empresas de alta tecnologia lançassem inovações ou testassem novas soluções.

Por exemplo, atualmente, mais de 400 instalações MAX já estão em uso em edifícios por toda a cidade de Las Vegas. A MAX continua sendo uma das utilizações mais revolucionárias de IoT e aprendizado de máquina, com capacidade de prever em vez de reagir, melhorando drasticamente o serviço de elevadores, com potencial de reduzir pela metade o tempo de inatividade dos elevadores.

Las Vegas sempre se destacou como um local atraente e eficiente para negócios. A cidade é um chamariz para as principais feiras de tecnologia, como o Consumer Electronics Show, ou para outros setores que investem no desenvolvimento de tecnologia inteligente, como a thyssenkrupp Elevator, que realizou sua Leadership Conference global e anual na cidade em 2017.

O que acontece em Vegas não fica em Vegas!

Muitas das coisas que os visitantes do Distrito de Inovação observam e vivenciam são levadas para suas cidades. Seja uma experiência em um elevador “inteligente” de um arranha-céu, em uma conferência de alta tecnologia ou em um veículo autônomo, o burburinho que se espalha é que Las Vegas está rapidamente elevando o nível para os padrões das cidades inteligentes. A adoção de tecnologias inteligentes começou a melhorar a segurança, o congestionamento nas ruas e a eficiência em tempo real no governo, além de fazer com que empresas globais de tecnologia abrissem o olho e reconhecessem Las Vegas como um local favorável à inovação. Conforme surgem as parcerias, Las Vegas observa a diversificação de sua economia. E todos na mesa ganham!

Vegas não chama mais atenção apenas por suas luzes
Vegas não chama mais atenção apenas por suas luzes