Buildings

One World Observatory — em um dia claro, é possível ver até o amanhã

Do alto do One World Trade Center, a paisagem é realmente espetacular. Assim como a tecnologia que leva os visitantes lá para cima — e o arranha-céus em que ela está instalada.

Considerando que uma porcentagem cada vez maior da população mundial se aglomera em cidades, a única forma de crescer é para cima. Mas será que há uma maneira de mesclar os interesses de nosso ambiente com as vertiginosas alturas do crescimento urbano? Sabe-se que os edifícios são responsáveis por 40% do consumo de energia do planeta, portanto, uma estratégia essencial para as cidades inteligentes do futuro será permitir a sua autossuficiência, incluindo a redução no uso de energia em suas soluções de mobilidade.

O One World Trade Center é um ótimo exemplo de como isso pode funcionar.

Buildings
Marcos da sustentabilidade urbana - Hoje, o planejamento urbano cria marcos futuros para cidades que transmitem novas mensagens de sustentabilidade, escolhas ecológicas e uma forma responsável de viver.
871 visualizações

Criado em 29/05/2015

Bem-vindo ao One World Observatory

Lá no alto, perto do topo do prédio mais alto do hemisfério ocidental, o One World Observatory do One World Trade Center está abrindo suas portas pela primeira vez neste mês, com uma série de eventos de pré-estreia. A partir de 29 de maio, o público em geral também pode visitar e curtir as fantásticas vistas panorâmicas que o observatório oferece da cidade de Nova York e seus locais mais famosos.

Os visitantes do observatório são recebidos para uma elaborada diversidade de experiências. Exposições cuidadosamente criadas oferecem uma oportunidade de aprendizado e reflexão, dentro da narrativa histórica do local. E, obviamente, há o evento principal, o icônico panorama em 360 graus da vida urbana: a própria cidade de Nova York. Há também diversas opções de alimentação, incluindo um restaurante tradicional, para incentivar os visitantes a fazer uma pausa e relaxar.

A curiosidade e a expectativa são tão altas quanto o próprio edifício. Os gurus de turismo da Lonely Planet elegeram o One World Observatory uma das mais incríveis experiências de viagem de 2015. Enquanto os visitantes viajam do térreo ao 102º andar a velocidades de até 37 km/h, porém, eles também estão participando de um ousado salto para o futuro da sustentabilidade.

®

As pessoas chegam ao One World Observatory em menos de um minuto. No caminho, veem mais de 500 anos da história de Nova York: as paredes do elevador ganham vida com um quadro histórico de Manhattan ao longo das décadas. Assista aqui.

“Hoje é absolutamente imprescindível que as escolhas em relação ao desenvolvimento das cidades sejam sustentáveis. Os edifícios respondem por 40% do consumo de energia no mundo, e a mobilidade vertical contribui muito para isso. As tecnologias de transporte são fundamentais na construção de cidades inteligentes e sustentáveis do futuro.”

Andreas Schierenbeck

Presidente do conselho executivo, thyssenkrupp Elevator

Estabelecendo um parâmetro verde

A vista do topo do One World Trade Center é aberta a todos. O que muitos visitantes talvez não percebem, porém, é que este é um dos arranha-céus mais ecologicamente corretos do globo. Os cerca de 278 mil metros quadrados do One World Trade Center são cheios de tecnologias que economizam energia. Mas a sustentabilidade do One World Trade Center não é um mero complemento de um design de arquitetura tradicional. Ela é, na realidade, uma nova forma de construção de edifícios, em que a alta tecnologia é incorporada a um sistema de gestão predial de ponta. O resultado é um modelo holístico de como lidar com as demandas urbanas do amanhã.

Partes específicas deste modelo incluem muitas medidas amplamente conhecidas, como janelas eficientes energeticamente, utilização de claraboias e materiais de construção recicláveis. E há elementos atípicos, como o uso e reaproveitamento da água da chuva e reciclagem de vapor residual. Também há um sistema especial de condensação de água, conectado ao Rio Hudson, que resfria grande parte do One World Trade Center e seu moderníssimo núcleo de transporte, projetado para receber 250.000 passageiros todos os dias.

O One World Trade Center recebeu o Certificado Ouro de Novas Construções 2.2 da LEED, organização independente de construção ecologicamente correta que identifica as melhores práticas do setor. Ele também é claramente reconhecido como um lugar onde condôminos e visitantes são pioneiros de soluções sustentáveis, ainda que imperceptíveis, para um futuro vertical.

Sustentando o futuro crescimento das cidades com tecnologia

Economizando e gerando energia

Se o coração do One World Trade Center é a tecnologia predial sustentável, os sistemas usados para transportar as pessoas nele são as artérias. E a sustentabilidade também está embutida neles. Os elevadores, por exemplo, são iluminados por luzes LED, que economizam mais de 78.000 kWh anualmente em comparação com lâmpadas halógenas.

Enquanto isso, o exterior das cabines do elevador usa películas especiais de alumínio para desviar o ar no poço. Isso aumenta a aerodinâmica e permite aos cabos viajar à impressionante velocidade de 610 metros por minuto. E o que é melhor: a mesma tecnologia que permite essa rapidez também reduz o uso total de energia.

Na descida, retornando do One World Observatory, os visitantes provavelmente estarão processando as memórias do que acabaram de vivenciar. Então não é tão necessário que também saibam que os propulsores regenerativos ecologicamente corretos estão recapturando a energia não utilizada do elevador conforme sua velocidade diminui, para devolvê-la ao sistema elétrico do edifício.

“Elevadores também podem funcionar como geradores de energia. Propulsores regenerativos usam a energia criada pela redução da velocidade das cabines e a enviam para a rede elétrica. A energia gerada pelos elevadores da thyssenkrupp usados no One World Trade Center é suficiente para abastecer o sistema de iluminação do edifício todo.”

Andreas Schierenbeck

Presidente do conselho executivo, thyssenkrupp Elevator

“A magnitude do One World Trade Center colocou desafios únicos à engenharia estrutural e de transporte, exigindo soluções muito elaboradas.”

Richard Hussey

Presidente e CEO da thyssenkrupp Elevator Americas

Inovação centrada em pessoas

Em última análise, são as pessoas que mais se beneficiam das novas tecnologias de sustentabilidade. Algumas delas são mais evidentes do que outras. Os visitantes ao One World Observatory encontram um exemplo já na entrada. Ali, a tecnologia Destination Dispatch direciona os passageiros de modo silencioso e tranquilo aos elevadores a eles designados, minimizando a espera e aglomerações, e aprimorando a segurança, de modo a garantir uma viagem mais agradável para todos.

No elevador, os passageiros podem ficar empolgados demais para fazer comentários sobre a vibração mínima da cabine, viabilizada pelos avançados transportadores de roletes. Eles também podem estar fascinados com a história que se desenrola nas telas que vão do chão ao teto nas laterais, e não perceber a redução do ruído externo criada pelo isolamento acústico personalizado. Talvez seja este, porém, o objetivo da boa tecnologia: melhorar as coisas para as pessoas sem interferir de modo evidente em suas vidas. 

Compre um ingresso — Veja o futuro

O dia 29 de maio marca a abertura do One World Observatory e a inauguração de um novo monumento global para a cidade de Nova York. Há ingressos disponíveis em diversas categorias, incluindo descontos para crianças, idosos, escolas e grupos comunitários. Além disso, também há entradas de cortesia para familiares que perderam seus entes queridos nos ataques de 11 de setembro de 2001, e para trabalhadores do resgate e recuperação que colaboraram naquele dia e nos meses seguintes.

O One World Trade Center foi concebido originalmente como um símbolo da resiliência do espírito humano. Mas rapidamente se transformou em poderoso símbolo da sua capacidade de superar os desafios das crescentes populações urbanas através da significativa melhoria da eficiência energética.

Prepare-se para ser surpreendido pelas paisagens e pela experiência One World Observatory. Mas em seu caminho até lá, dê uma olhada ao seu redor. Tente observar evidências da tecnologia do futuro. Em breve, ela será parte da vida urbana de todos.

 

Como é lá em cima? Como é a viagem até o topo? Faça uma jornada virtual, do térreo ao One World Observatory, e veja com os seus próprios olhos. Boa viagem!