Buildings

Reinventando o estádio esportivo urbano – como hi-tech e design estão mudando o jogo

A popularidade dos esportes organizados continua a aumentar, e a mídia digital intensificou o imenso apelo inato dos jogos esportivos. O dinheiro envolvido é enorme. Ele pode muito bem ultrapassar 1 trilhão de euros, mais da metade deste montante está vinculado ao futebol de associação e ao futebol americano. No coração de cada partida e no centro econômico de toda a indústria esportiva, está o espaço físico onde os jogos são disputados. E como os estádios esportivos são um enorme investimento, as cidades e os proprietários vêm repensando dramaticamente seu uso e design.
Buildings
Marcos da sustentabilidade urbana - Hoje, o planejamento urbano cria marcos futuros para cidades que transmitem novas mensagens de sustentabilidade, escolhas ecológicas e uma forma responsável de viver.
208 visualizações

Criado em 04/07/2019

O que é um estádio?

Um estádio é um lugar parcialmente fechado em que são praticados esportes ao ar livre. As arenas, por outro lado, são normalmente lugares nos quais tradicionalmente os esportes de salão são praticados. Os estádios com cúpula cruzam essa linha, já que podem ser totalmente cobertos como uma arena, mas ainda têm como objetivo principal a prática de esportes tradicionalmente ao ar livre. Alguns estádios com cúpula agora contam com um teto retrátil, como o impressionante estádio Mercedes-Benz em Atlanta. Além disso, a questão sobre o que é um estádio está no coração da construção de novos estádios e da reforma de estruturas antigas.

Enfatizando a experiência do cliente

No centro do novo pensamento está a experiência do cliente. Por exemplo, um assento melhor para os espectadores do jogo e telas de vídeo gigantescas tornam a ação em campo acessível a todos os cantos do estádio. Enquanto isso, aplicativos inteligentes permitem que os visitantes baixem os ingressos e encontrem seu assento ou o banheiro mais próximo. Novos estádios são enormes e a boa navegação é importante.

Mas os fãs hoje em dia não estão lá apenas para assistir a uma partida. Eles também querem participar da experiência. Na era digital, as pessoas fazem isso com dispositivos portáteis, apoiados por coisas como a nova rede Wi-Fi de alta velocidade para melhorar o acesso à Internet. E o novo carregamento sem fio de alta velocidade no assento mantém todos ligados durante toda a partida.

Cada vez mais, a conectividade celular robusta para o ambiente de usuário de alta densidade é fornecida pela 4G LTE. 5G é o próximo passo e foi testada nos principais eventos de estádio. O Camp Nou, estádio de Barcelona, planeja se tornar o primeiro estádio europeu de futebol com uma rede 5G permanente e dedicada.

 
Stadium Overview

Este pequeno vídeo destaca novos estádios em Perth, Budapeste, Tóquio, Los Angeles e Londres. Esses megaprojetos estão elevando o nível do que um estádio pode oferecer, e o que torcedores e outros visitantes podem esperar.

Indo além do jogo

Além dos upgrades digitais, os estádios estão cada vez mais oferecendo um fluxo de serviços e comodidades que incentivam os visitantes a vir com frequência, chegar cedo e ficar até mais tarde, com oportunidades agradáveis durante todo o dia para recreação e lazer.

Uma variedade maior de possibilidades para “beber e comer” faz parte disso. Isso pode significar um jantar gourmet sofisticado ou simplesmente uma melhoria em um antigo favorito. O novo Tottenham Hotspur Stadium, em Londres, pode fornecer 10 mil litros de cerveja por minuto, usando um método especial que enche os copos de baixo para cima!

Outras atrações também estão sendo construídas nas estruturas do estádio. Por exemplo, a Allianz Arena em Munique abriga um popular museu familiar dedicado ao legado da equipe local. O objetivo é tornar os estádios um destino atraente não apenas no dia do jogo, mas durante toda a semana. Em Munique, a qualidade de vida sempre foi importante!

Usando o melhor do projeto arquitetônico

Com o visitante em mente, os arquitetos de estádio também estão enfatizando o design de interiores. Um objetivo é uma melhor visualização do espectador – as obstruções internas praticamente desapareceram assim que grandes telas múltiplas se proliferaram. O AT & T Stadium, próximo a Dallas, possui o maior ambiente sem colunas do mundo.

Com 50.000 a 100.000 visitantes, a segurança também está melhorando – desde a concepção. Isso é particularmente importante em grandes eventos esportivos globais, como o campeonato internacional de futebol no Lusail Iconic Stadium, em Doha, ou os jogos de rúgbi no Twickenham Stadium, em Londres.

A sustentabilidade está tornando-se mais importante também. O Estádio Mercedes-Benz em Atlanta é o primeiro estádio esportivo com certificado LEED Platina da América do Norte, incorporando um sistema de coleta de água da chuva, painéis solares, espaços verdes e boas conexões com o transporte público.

 
Atlanta's Mercedes-Benz Stadium

Integrando o estádio ao planejamento urbano

A construção e a reforma do estádio também estão integrando-se melhor ao desenvolvimento urbano. Os arquitetos estão usando a aparência dos estádios para se misturar, melhorar e se conectar com a vizinhança e o resto da cidade.

Arquitetos e urbanistas também estão projetando especificamente novos estádios para permitir a realização de vários esportes e outros grandes eventos. Por exemplo, o Optus Stadium em Perth foi construído para realizar partidas de rúgbi, futebol, futebol australiano e críquete, bem como shows. E o Tottenham Hotspur Stadium em Londres possui um campo de futebol retrátil exclusivo com um campo sintético abaixo para futebol americano.

Mantendo a bola rolando

O planejamento de megaeventos esportivos oferece às cidades uma grande oportunidade de reunir novas ideias e colocá-las em prática. Ao integrar melhor os estádios ao contexto urbano mais amplo e ao oferecer, com segurança e sustentabilidade, uma gama maior de ofertas diversificadas e de alta tecnologia, os estádios podem contribuir mais para as cidades e usar seus imóveis caros com mais eficiência. E boas soluções de mobilidade dentro e fora do estádio ajudam a garantir que o jogo não pare.