Buildings

A lua crescente no topo da Makkah Clock Tower é o lar de um salão de orações

Os urbanistas queriam um local para rezar com vista para a Ka’aba, o ponto sagrado do Islã. O resultado foi um salão com uma vista de mais de meio quilômetro a partir do solo. Experimente as impressões da instalação da instalação do teleférico mais alto do mundo.

Buildings
Marcos da sustentabilidade urbana - Hoje, o planejamento urbano cria marcos futuros para cidades que transmitem novas mensagens de sustentabilidade, escolhas ecológicas e uma forma responsável de viver.
826 visualizações

Criado em 11/11/2014

A partir do topo da Makkah Clock Tower, vários trabalhadores observam humildemente o local mais sagrado do Islã. É uma vista impressionante. E o trabalho deles também é: eles estão lá para construir o teleférico mais alto do mundo, no alto da torre de relógio mais alta do mundo.

O edifício ainda está em construção, e o vento forte assovia através do topo ainda aberto de um dos arranha-céus mais altos do mundo. Os técnicos trabalham incansavelmente em condições difíceis para construir o teleférico de 18 metros que leva a uma estreita escada em espiral. Isso é desafiador. Mas outro desafio é o tempo: eles têm apenas uma semana.

®
“Foi uma experiência quase surreal. Como muçulmano, posso dizer que só o fato de estar aqui é emocionante. Como visitante comum, eu fiquei absolutamente impressionado pela vista. Mas ao mesmo tempo eu estava trabalhando sem parar para resolver problemas que eu nunca havia sequer imaginado”.

Abdel Abchrim

Engenheiro de projetos, thyssenkrupp Access Solutions

Subindo

A lua crescente no cume da Torre do Relógio eleva-se 607 metros no ar. Quando abriu em 2013, era o segundo maior edifício do mundo.

Logo abaixo do topo, na base da lua crescente – a 601 metros – está o salão de orações. Para chegar ao salão de orações, você deve primeiro usar o elevador de alta velocidade regular para o último andar do edifício. Depois você pode subir a escada em espiral de 18 metros de altura ou usar o teleférico.

A cadeira atravessa o trilho de 27 metros em apenas três minutos, realizando um total de sete voltas. “Esse foi um verdadeiro desafio”, diz o engenheiro de projetos Abdel Abchrim. “Normalmente nós temos que realizar apenas duas ou três voltas”. Além disso, como a escada em espiral é tão estreita, não há muito espaço livre para o maquinário do teleférico.

Tomando medidas – inspecionando o caso

Abchrim, um holandês com descendência marroquina, lembra-se muito bem de toda a experiência. Seu trabalho era inspecionar a escada.

O principal desafio envolvia condições no local de trabalho. Os ventos fortes frequentemente castigavam o local de trabalho exposto e faziam o edifício balançar. No dia em que Abchrim subiu até o topo do edifício para conduzir sua inspeção na espinha, concluiu que era impossível fazer uma medição precisa.

Felizmente, os ventos diminuíram no dia seguinte, mas era o dia de descanso islâmico, em que literalmente tudo suspenso para a oração da tarde. Abchrim e seus colegas obtiveram uma permissão para trabalhar pela manhã. Mas o espaço apertado e circular não lhes permitiu realizar os métodos comuns de inspeção, que foram conduzidos inteiramente a mão.

Atrasados por ter que trabalhar em tais condições, eles não puderam concluir seu trabalho antes do meio-dia, quando sua permissão expirava. Após as orações da tarde, a equipe pôde continuar, e o trabalho foi concluído tarde da noite. “Aquilo foi muito empolgante para mim”, relembra Abchrim.

Construção e adequação

Com o trabalho da equipe de Abchrim concluído, a fábrica da thyssenkrupp na cidade holandesa de Krimpen pôde definir seu trabalho de fabricação do equipamento a ser instalado. As semanas de preparação valeram a pena, de maneira que quando as medidas da inspeção chegaram, somente pequenos ajustes precisaram ser feitos.

“Todos na fábrica opinaram, já que todos eles sabiam o que estava em jogo”, recorda Abchrim. A instalação final – complicada pelos mesmos fatores que desafiaram uma inspeção precisa – foi, entretanto, concluída com sucesso em apenas uma semana.

Construção e adequação

Com o trabalho da equipe de Abchrim concluído, a fábrica da thyssenkrupp na cidade holandesa de Krimpen pôde definir seu trabalho de fabricação do equipamento a ser instalado. As semanas de preparação valeram a pena, de maneira que quando as medidas da inspeção chegaram, somente pequenos ajustes precisaram ser feitos.

“Todos na fábrica opinaram, já que todos eles sabiam o que estava em jogo”, recorda Abchrim. A instalação final – complicada pelos mesmos fatores que desafiaram uma inspeção precisa – foi, entretanto, concluída com sucesso em apenas uma semana.

“Não existem muitas empresas com especialistas para um projeto com esses desafios técnicos”.

Farid Oilad Adj Amar

Chefe do Desenvolvimento de Negócios, Oriente Médio/Turquia, thyssenkrupp Access Solutions

Acessibilidade premiada

O projeto da Makkah Royal Clock Tower exigiu muito esforço coordenado, trabalho duro e engenhosidade de pessoas trabalhando em vários locais. O resultado foi extraordinário, tanto que o jornal internacional da indústria de transporte de edifícios, Elevator World, selecionou o teleférico para seu prêmio anual Projeto do Ano de 2014 – categoria: sistemas de acessibilidade – como resultado da sua localização incomum e do espetacular esforço técnico exigido para concluir o projeto.

O Chefe do Desenvolvimento de Negócios Farid Oilad Adj Amar está particularmente orgulhoso, pois esse é o primeiro prêmio concedido aos engenheiros de teleférico da Access Solutions.

Sobre a Makkah Clock Tower

Diz-se que a construção da prestigiada Makkah Clock Tower custou pelo menos 3 bilhões de dólares. Quanto à aparência, a torre do edifício lembra o famoso Big Ben de Londres.

Dentro da torre, a cadeia hoteleira canadense Fairmont opera um hotel cinco estrelas. Os quatro relógios externos têm 43 metros de diâmetro. Cada ponteiro de minuto mede 22 metros e pesa 1,5 tonelada métrica. Dois milhões de LEDs verdes e brancos iluminam a face dos relógios à noite, de maneira que é possível ver a hora a uma distância de 17 quilômetros.

E saber a hora é essencial para os muçulmanos, pois isso define o começo e o fim das cinco orações diárias. Portanto os fiéis de todo o mundo podem agora olhar para a colossal nova torre em Makkah para confirmar que eles rezarão na hora certa.